domingo, 26 de setembro de 2010

Portugal - Santarém - Ponte Salgueiro Maia

Portugal - Santarém - Monumento ao campino


O monumento ao Campino é da autoria do escultor Rui Fernandes e é dedicado à condução de cabrestos. 
Está localizada na Rotunda junto aos acessos ao Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, na circular urbana D. Luís I.
Esta escultura foi inaugurada em 6 de Junho de 2009. 

Portugal - Santarém - Monumento ao forcado


A escultura de homenagem aos forcados escalabitanos está localizada na rotunda António Gomes de Abreu, fundador e primeiro Cabo do Grupo de Forcados Amadores de Santarém.

Portugal - Santarém - Monumento a Celestino Graça


Monumento da autoria de Domingos Soares Branco pretende homenagear Celestino Graça, uma das principais referências culturais.da aldeia do Grainho 
Localiza-se junto à Praça de Toiros, no antigo Campo da Feira do Ribatejo, à qual Celestino dedicou a sua vida.
Foi inaugurado a 17 de setembro de 1977. Celestino Graça nasceu a 9 de janeiro de 1914, na aldeia do Graínho, Durante a sua vida, estimulou a criação de grupos folclóricos que preservassem as tradições regionais e que pudessem participar na Feira do Ribatejo.

Obras do escultor Domingos Soares Branco neste blogue:
Vila Franca de Xira - Monumento ao Campino

Portugal - Santarém - Praça de Toiros

Portugal - Santarém - Igreja e Convento de Nossa Senhora de Jesus do Sítio

Portugal - Santarém - Paços do Concelho

Portugal - Santarém - Painel nas paredes do regimento de cavalaria

Portugal - Santarém - Regimento de Cavalaria

Portugal - Santarém - Monumento a D. Fernando o Infante Santo


A estátua de D. Fernando, o Infante Santo, é da autoria do escultor Leopoldo de Almeida.
A estátua foi realizada em 1957 mas só foi instalada em 1962, 

Portugal - Santarém - Sé episcopal e torre sineira

Portugal - Santarém - Mercado Municipal

Portugal - Santarém - Igreja de Nossa Senhora da Piedade

A Igreja de Nossa Senhora da Piedade situa-se no centro histórico de Santarém, na freguesia de São Salvador, no local onde antigamente se erguia a Porta de Leiria. Este templo, caraterístico da transição entre o maneirismo e o barroco, data do século XVII e foi erigido como sinal de agradecimento pela vitória portuguesa na Batalha do Ameixial. Esteve integrado no Convento de Nossa Senhora da Piedade até à extinção das ordens religiosas, em 1834.

Portugal - Santarém - Convento de S. Francisco

Vista da fachada principal
Vista da fachada nascente e da cabeceira

Portugal - Santarém - Igreja do Convento de Santa Clara

Portugal - Santarém - Igreja de Santa Cruz


A Igreja de Santa Cruz localiza-se na cidade de Santarém, na freguesia de Santa Iria da Ribeira, e constitui um dos monumentos escalabitanos mais representativos do estilo gótico, não obstante incluir elementos de outras correntes arquitetónicas, como o renascimento e o barroco. O templo, datado do século XIII, foi a sede de uma antiga paróquia, extinta no século XIX.

Portugal - Santarém - Igreja de Santa Iria e bairro da Ribeira de Santarém

Portugal - Santarém - Ponte D. Luís I

Portugal - Alpiarça - Edifício do Centro de Cultura/GNR

Portugal - Alpiarça - Monumento ao ciclismo


Portugal - Alpiarça - Igreja Matriz

Portugal - Vale de Cavalos - Painel sobre Paúl da Trava

Painel ilustrativo do Paúl da Trava actual aldeia de Vale de Cavalos.
A fixação humana nesta região começou bastante cedo. A terra era fértil em pão e segurança face às cheias.
Diversos achados arqueológicos, comprovam que no mesmo local onde hoje está a aldeia de Vale de Cavalos existiu, há uns dois mil anos atrás, uma povoação Lusitano-Romana. Chamava-se Trava e é, até ao momento, o mais antigo aglomerado populacional conhecido em toda a vasta área do actual concelho da Chamusca. Nas imediações da povoação, as terras do Paúl de Trava, das mais férteis da Península Ibérica, foram intensamente exploradas, com excelentes resultados, ao longo dos séculos.
Paúl da Trava situa-se mesmo onde começa a campina e acaba a charneca. a Aldeia de Vale de Cavalos está edificada numa pequena elevação sobranceira às ricas terras da Borda-d’água.

Portugal - Chamusca - Edifício Gabricrel

Edifício sede da Gabicrel, empresa de consultores de engenharia civil e arquitectura.

Portugal - Chamusca - Antigo Lagar de Azeite

Edifício conhecido pelo "O Lagar", a sua construção remonta aos meados do séc. XX é à antiga cooperativa de olivicultores.

Portugal - Chamusca - Paços do Concelho

Os actuais Paços do Concelho da Chamusca, situam-se em pleno centro da vila, junto ao Parque Municipal. O edifício é um solar novecentista, com um estilo marcadamente romântico e revivalista, especialmente evidenciado pela cornija com motivos vegetais e pelas estatuetas de pedra de cor ocre, representando figuras humanas, que ornam a cobertura.
O local onde se encontra o edifício era conhecido na época da sua construção como Horta da Misericórdia. Esta propriedade, foi comprada em 1862, pelo Comendador António Marques de Carvalho, que foi várias vezes Presidente da Câmara Municipal. Este mandou construir o prédio para sua habitação e todas as edificações anexas para o movimento da sua casa agrícola. A sua viúva acabaria por vendê-lo, em 1888, à Câmara Municipal da Chamusca. Após a realização de grandes obras de remodelação, a Câmara Municipal instalou-se no edifício a 11 de Setembro de 1904.

Portugal - Chamusca - Solar onde nasceu João Joaquim Izidro dos Reis

Portugal - Chamusca - Galeria Municipal

É um edifício anexo à Câmara Municipal e serve como Galeria Municipal. Este espaço já foi uma antiga prisão.
No exterior, encontra-se exposta uma escultura comemorativa dos "20 Anos do 25 de Abril", de autoria de José Coêlho.

Outras obras de José Coêlho neste blogue:

Portugal - Chamusca - Centro Regional de Artesanato e Posto de Turismo

Este centro compreende na sua área de influência, os concelhos das regiões de turismo do Ribatejo. Encontra-se a funcionar, regularmente ao público, desde 17 de Maio de 1996. Tem como função a divulgação do artesanato e das suas artes. Do artesanato destacam-se as cerâmicas, os trabalhos em madeira e cortiça, o restauro de móveis antigos, a cestaria e a esteiraria, a tecelagem, os bordados, rendas e trapologia, os trabalhos em metal, latoaria e ferro forjado, os trabalhos em pele, as miniaturas e brinquedos e as artes da festa pagã ou religiosa.
Aí podemos encontrar todos os dias oficinas, exposição e venda de artesanato, loja de produtos tradicionais, doçaria regional, e também Posto de Turismo.

Portugal - Chamusca - Rio Tejo